Pages

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Saia Pedro!


- Saiu hoje para procurar emprego?
- Não.
- Por quê?
- Porque tive medo de achar.


quinta-feira, 20 de maio de 2010

Sinceridade


- Homens deveriam assumir a calvície.
- Por quê?
- Porque todos devem se aceitar como são.
- Ok, assim como mulheres deveriam aceitar que estão gordas, né?


quarta-feira, 19 de maio de 2010

Direito de resposta



O dia que ser sincero for motivo para degradação de crenças, eu encerro todas as minhas atividades. Porém, esse dia está muito longe porque sei que meus leitores passam longe de qualquer julgamento sobre a ignorância. Ser ateu é uma coisa e ser um ateu à toa baseado em nada é outra. Eu me encaixo na segunda opção porque assumi que prefiro não ter argumento algum a perder meu tempo com falsos moralistas. Não estou levantando bandeira alguma contra os ateus e muito menos a favor de quem acredita em Deus ou qualquer manifestação espiritual.
Mas tenho o direito de julgar o @icultgeneration e @anablackmamba de ignorantes. Ironicamente hoje no blog Cranberry Sauce, de autoria de um dos meus criadores, foi publicado um artigo sobre analfabetismo funcional. Este texto se aplica perfeitamente a esses dois indivíduos que me acusam de preconceituoso e um soldado de cristo. Ora, eu assumi que sou ignorante e há pecado nisso? Eu não tenho culpa se uma interpretação de texto não foi clara para quem o leu. Não sou responsável pelas pessoas que querem entender apenas o que for de interesse pessoal. Eu assumi que não tenho posição alguma referente a Deus e isso não quer dizer que todos em minha posição tenham o mesmo. Meus lamentos se certas pessoas não entenderam o contexto por pura ignorância. Irônico, não?
Eu respeito todos os ateus e crentes (para esses dois não entenderem errado, crente é uma palavra comum a quem acredita em Deus, não necessariamente a uma posição religiosa, ok?), mas tenho todo o direito de questionar quem acredita e não exerce fé. Assim como questionar quem não acredita baseado em absolutamente nada. Neste caso, eu estou assumindo minha ignorância perante a Deus, que de fato confunde com minha preguiça em busca do que realmente penso. Sem mais, agradeço a visita de todos. Todos que adoram rir de minha frustração amorosa com Julia. Infelizmente eu e Julia não podemos mandar a todos um manual de como interpretar uma piada. Isso depende exclusivamente do repertório de vida de cada um. Assim como não vou julgar quem leva à sério uma luta de sabres de luz ou uma epopéia moralista do Senhor dos Anéis.

Com amor, Pedro

terça-feira, 18 de maio de 2010

Pelo amor de Deus


- Porque você não acredita em Deus? - pergunta Julia


- Pelo mesmo motivo que você acredita em horóscopo.


- E qual é?


- Ignorância.

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Solidão


- Ora, eu também me sinto sozinho - pensou Pedro quando comprava ração para o gato.
Na volta pra casa, padaria, um cigarro e uma cerveja.


sexta-feira, 7 de maio de 2010

Porque eu te amo


Julia entra no blog de Pedro e ao ler "eu nunca vou te abandonar", ela se enche de lágrimas. Mas as lágrimas ficam secas ao ser encaminhada para uma ode ao Corinthians.


terça-feira, 4 de maio de 2010

Preto no branco


- Fale baixo, Julia! Quer que os vizinhos ouçam a nossa discussão?
- Foda-se! Se eles ouvem a gente metendo, não vão se importar em ouvir a gente brigando!